Alongamento

Flexibilidade é uma Capacidade Física, assim como a velocidade, agilidade e força. De acordo com DANTAS, 2005 a definição de flexibilidade é:
“A qualidade física responsável pela execução voluntária de um movimento de amplitude angular máxima, por uma articulação ou conjunto de articulações, dentro dos limites morfológicos, sem risco de provocar lesões” (DANTAS, 2005 p. 57).
Observa-se que algumas pessoas têm maior flexibilidade do que outras e o oposto também ocorre – pessoas com movimentos muito encurtados. Essa qualidade física, assim como as outras mencionadas, pode e deve ser incrementada.  Portanto se a flexibilidade de um indivíduo é restrita, há solução para tal.
Alongamento é a técnica utilizada para aumentar a Flexibilidade. Alongamento para as pernas, tronco, pescoço e etc. são algumas técnicas entre muitas conhecidas no mundo dos esportes e afins.

Flexibilidade = capacidade física (como força, agilidade, velocidade)

Alongamento = técnica utilizada para melhorar a Flexibilidade

Agora que esclarecemos as definições de Flexibilidade e Alongamento perguntamo-nos: mas para que servem?

  • Ter uma boa Flexibilidade previne lesões como torções, estiramentos e rupturas. Uma articulação que tem músculos flexíveis assessorando nos movimentos é capaz de suportar cargas altas e tensão nos tendões e fibras musculares sem romper. Pessoas com pouca flexibilidade tendem a machucar mais frequentemente as articulações e musculatura justamente por não fazerem alongamentos.

  • Boa postura, a Flexibilidade permite ao corpo manter o equilíbrio dos músculos anteriores (da parte da frente da corpo) e posteriores (da parte de trás) resultando numa postura mais alinhada. Má postura, geralmente ocorre devido a tensão de certos músculos, que, ao se contrair, levam as articulações para fora do eixo de equilíbrio. Vide figura abaixo.

  • Outro benefício da Flexibilidade é a ausência de tensão muscular. Músculos flexíveis não causam contraturas involuntárias e inflamações devido ao excesso de tensão. Hoje, procuram-se muito médicos ortopedistas em busca de alívio para dores nas costas e pescoço devido a contraturas musculares.

Alongue-se 

Devemos alongar para aumentar ou manter um nível adequado de flexibilidade que se aplique à nossa necessidade diária (uma bailarina precisa de muita flexibilidade, todavia, pegar objetos embaixo do sofá ou em cima dos armários também exige algum grau de flexibilidade).

Os movimentos de alongamento normalmente trazem calma e relaxamento àqueles que os praticam. Os benefícios são sentidos após a primeira sessão e se acumulam na medida em que o aluno repete as técnicas semanalmente.

Nossos Professores

Adriana Bele Fusco