Ballet Fitness

Tem se popularizado muito, principalmente entre quem já tem algumas noções básicas de ballet clássico. Mas o que é ballet fitness? Essa modalidade que mistura movimentos de ballet clássico com movimentos tradicionais da ginástica, como agachamentos, flexões e abdominais promete conquistar até aquelas pessoas que não gostam de academia.
Apesar de ter se popularizado, o ballet fitness ainda não é encontrado em muitas academias, por ser uma modalidade de exercício bem específica e não haver tantos professores qualificados para ensiná-la. Afinal, não basta ser educador físico, tem que saber dançar, criar coreografias e misturar as bases do ballet clássico com os movimentos da ginástica localizada.
Nas aulas de ballet fitness a turma faz exercícios nas barras e no chão. As repetições dos passos utilizando o tempo de isometria e sustentação muscular nos exercícios são maiores. As sapatilhas de ponta também são dispensadas, o que proporciona mais conforto para aquelas pessoas que não tem muito contato com o ballet tradicional, mas gostam da combinação dele com outras modalidades comuns em academias.
Devido ao grande número de repetições, contração e sustentação muscular constante, as aulas de ballet fitness acabam oferecendo uma experiência muito mais intensa do que uma aula normal de ballet clássico, o que também proporciona uma queima calórica maior.

O ballet fitness ajuda a aumentar o tônus muscular, e os alongamentos auxiliam na melhora da postura deixando o corpo do praticante mais longilíneo. Devido à repetição dos exercícios, a disciplina do ballet clássico está bastante presente, assim como um trabalho muito importante para o exercício da memória. Afinal, mais do que aprender determinados movimentos, é preciso lembrar seus nomes e como eles devem ser executados.
Os resultados são surpreendentes e rápidos, o que faz com que os alunos dificilmente abandonem as aulas. O trabalho cardiovascular promove uma grande queima de calorias e, consequentemente, melhora na resistência física e leva a perda de peso. Em alguns casos, a melhora corporal é nítida em pouco tempo, o que deixa o praticante ainda mais motivado.
Como não utiliza pesos, o ballet fitness faz com que o aluno trabalhe com o peso do próprio corpo. Isso não faz com que o músculo aumente, mas leva a uma tonificação deixando o corpo bonito e bem definido, como o de uma bailarina.
Pessoas que não gostam muito do clima de academia de ginástica tradicional acabam encontrando no ballet fitness a atividade física perfeita, pois além dele também ser uma forma de arte e expressão, os exercícios são executados ao som de músicas clássicas, relaxantes e maravilhosas. O ballet fitness não busca ser só uma atividade física, mas é algo que promove o bem-estar do aluno como um todo.
Vale lembrar ainda que o ballet fitness pode ser praticado por pessoas de todas as idades. Mesmo pessoas que já tiveram lesões mais sérias podem praticar o ballet fitness, desde que tenham a liberação do médico, pois ele não possui muitos movimentos de impacto.
Quem busca por uma atividade que não seja meramente física, mas também ajude a melhorar a postura, o alongamento e a memória com certeza encontrará no ballet fitness a modalidade perfeita para ficar com o corpo em dia e, ainda, melhorar seu bem-estar como um todo.

Nossos professores

Adriana Bele Fusco